Base Filosófica
 
      É nosso compromisso como educadores valorizar, respeitar e incentivar a criatividade de nossos alunos, como também, proporcionar um ambiente alegre e descontraído. Morteados pelas verdades da Palavra de Deus, em que o educando sinta o prazer em Estudar.
 
Marco Filosófico
 
      O COLÉGIO SHALLON é uma entidade de confissão evangélica. Nossa filosofia educacional é primeiramente, fundamentada no reconhecimento de que Deus é o Criador e o Sustentador de todas as coisas (Gênesis 1 e 2: Salmo 8). Também baseia-se na fé de que o Criador deu-se a conhecer ao ser humano através de sua criação, a natureza da sua Palavra: a Bíblia (Salmo 19). Através do seu Filho, Jesus Cristo (João 1; Hebreus 1:1-4). POrtanto, cremos que o ser humano pode conhecer a verdade através da ciência e da fé cristã revelada na Bíblia e assim viver informado e transformado pela Verdade (Romanos 1:19; João 17:17).
Reconhecemos, também, que o homem foi criado à imagem e semelhança do próprio Deus (Gênesis 2:26-30) e, por isso, acreditamos ter ele potencial para mudar sua realidade e desenvolver hábitos, atitudes e valores que o transformam, dia a dia, num cidadão comprometido com o serviço a Deus e à comunidade. No entanto, reconhecemos tambéma que, por causa do pecado, o homem precisa ser salvo da sua condição pecaminosa, através da fé em Jesus Cristo, (Romano 6:23) para que seu relacionamento com Deus possa ser restaurado, sua vivência com o próximo enriquecidae, assim, sua vida possa ter significado e propósito (Joãoo 10:10).
Com base, portanto, nestas proposições, consideramos a educação em nossa escola como um processo sob orientação do Espírito Santo o qual conduz o aluno a descobrir as verdades na revelação natural de deus e a ciência, na revelação especial: a Bíblia, e a aplicar estas verdades em todas as áreas de sua vida. Isso resultará no desenvolvimento físico, mental, social e espiritual do educando, como também. na transformação do seu contexto social.
Cremos que o ensinar só faz sentido se educarmos o nosso aluno para Cristo, pois, tendo o Filho de Deus como modelo e referencial de vida, o aluno poderá desenvolver todas as potencialidades humanas para as quais Deus o criou.
É nossa convicção que Deus estabeleceu a família e deu aos pais a responsabilidade da educação dos filhos. A nossa escola existe não para substituir a família e assumir a sua função, mas para dar-lhe suporte a auxiliá-la na árdua tarefa de formação do caráter dos filhos.
Nesta parceria com a família, nossa escola busca a excelência acadêmica e a integração de todas as disciplinas ou áreas do conhecimento à fé cristã, dando ao aluno uma sólida formação. Esta será o referencial norteador de todos os seus relacionamentos e esferas de sua vida.
Nosso desafio, portanto, é trabalhar como parceiros da família, na sublime tarefa de educar a criança e o adolescente para cumprir o seu mais glorioso propósito na vida: honrar, glorificar a Deus e ser agente de transformação de seu meio.
 
REGULAMENTO GERAL
 
Direitos e deveres do aluno 
 
Ter a garantia que a Escola cumpra sua função oferecendo ensino de qualidade ministrado por profissionais habilitados para o exercício de suas funções
1. Ser respeitado na sua condição de ser humano e não sofrer qualquer forma de discriminação, em decorrência de diferenças físicas, étnicas, credo, sexo, ideologia preferências político partidárias ou quaisquer outras.
2. Usufruir de igualdade de atendimento, independente da diferenciação aprendizagem em que se encontre.
3. Receber informações sobre as disposições contidas no Regimento Escolar
4. Participar das aulas e demais atividades sociais, cívicas e recreativas promovidas pelo estabelecimento.
5. Ser informado sobre o sistema de avaliação da Escola
6. Tomar conhecimento, no prazo determinado, dos resultados obtidas em provas trabalhos realizados.
7. Tomar conhecimento, dos resultados bimestrais e anuais obtidos.
8. Solicitar, quando julgar-se prejudicado, revisão de provas dentro do prazo, de 48 horas, a partir da divulgação das mesmas.
9. Requerer provas de segunda chamada sempre que venha a perder, por motivos de doença, luto, casamento, convocação para atividades religios, (Lei n°7. 1020 de 15/01/79)
10. Solicitar orientaçoes aos professores e demais autoridades escolares especialmente a Coordenação.
11. Utilizar-se das instalações, dependências e recursos materiais da Escola mediante prévia autorização de quem de direito.
 
DEVERES DO ALUNO
 
1. Apresentar a documentação exigida, dentro do prazo estipulado pela secretaria, para garantir sua matrícula.
2. Comparecer e participar das aulas.
3. Estudar, fazer tarefas e demais trabalhos solicitados.
4. Estar de posse e apresentar todo o material escolar exigido.
5. Apresentar-se devidamente uniformizado em todas as atividades escolares. O uniforme escolar é composto por: calça azul marinho ou jeans (preto ou azul), camiseta Shallon, tênis, sandálias (presas aos pés).
6. Cumprir o horário e o calendário escolar.
7.Comunicar ao Estabelecimento qualquer problema (doença, viagem, etc) que o impeça frequência das aulas.
8. Respeitar as normas disciplinares do Estabelecimento.
9. Comportar-se adequadamente dentro e fora do Estabelecimento.
10. Inteirar-se do sistema de avaliação, do calendário de provas e acompanhar seu rendimento escolar.
11. Entregar, quando Ihe for solicitado, todo e qualquer objeto que esteja portando no estabelecimento.
12. Entregar aos responsáveis a correspondência enviada pelo Estabelecimento e devolve-lá, assinada, quando solicitada.
13. Pagar, com pontualidade, a mensalidade escolar e demais encargos decorrentes da matricula.
14. Indenizar o prejuízo, quando produzir danos materiais ao Estabelecimento ou a objetos de propriedade de colegas, professores e funcionários.
15. Zelar pela limpeza e conservação das instalações e dependências, materiais, móveis, utensílios e equipamentos de propriedade do Estabelecimento.
16. Manter organizada a sala de aula.
17. Cumprir outras determinações emanadas da Direção do Estabelecimento.
 
PROIBIÇOES AO ALUNO
 
1. Entrar e sair da sala de aula, sem autorização do professor
2. Ocupar-se durante as aulas, com trabalhos estranhos às mesmas.
3. Trazer, para o Estabelecimento, material estranho aos estudos (fone de ouvido, rádio jogos, bolsas, brinquedos, etc).
4. Aglomerar-se nas portas das salas, nos intervalos das aulas, atrapalhando a entrada do professor.
5. Sair da sala para os corredores e demais dependências do Estabelecimento nos intervalos de aula.
6. Alterar, rasurar, suprimir ou acrescentar anotações lançadas nos documentos escolares.
7. Promover jogos, excursões, coletas de pedidos ou campanhas de qualquer natureza, sem a prévia autorização da Direção.
8. Fumar ou trazer cigarros para as dependências do Estabelecimento.
9. Sujar ou depredar o património da Escola.
10. Fazer-se acompanhar de elementos estranhos ao Estabelecimento.
11. Promover e participar de brigas ou tomar atitudes incompativeis com o adequada comportamento social, na frente ou imediações do estabelecimento, ou quando se encontra uniformizado.
12. Ausentar-se do Estabelecimento sem que seja devidamente autorizado pela família e pela Direção do Estabelecimento.
13. Usar camisetas sobre o uniforme e chinelo de dedo, desta forma, sandálias rasteiras, chinelos ou qualquer outra forma de vestimenta não são permitidos.
14. Namorar nas dependências da escola.